Skip Navigation LinksInício > Notícias > Notícia
15/02/2013

Sintep/MT participa de reunião com secretário Ságuas Moraes

"Falta vontade política por parte do governo", afirma o presidente do Sintep/MT

Na última quinta-feira (14) o Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT), representado pelo seu presidente e diretores, participou de uma reunião na SEDUC-MT com o secretário de Estado de Educação de Mato Grosso, Ságuas Moraes.
Na reunião foram discutidas questões relacionadas ao piso salarial, atualização na tabela dos profissionais de apoio e do adicional noturno dos vigias, a situação das estruturas das unidades escolares e ao Profuncionário.
O Governo mais uma vez alegou a impossibilidade de reajustar o piso salarial reivindicado pela categoria descumprindo a legislação do Estado que diz respeito ao investimento dos 35% em educação.
O secretário de Educação colocou para o sindicato que vai encaminhar uma proposta para a categoria avaliar no Conselho de representantes e na assembleia geral da próxima segunda-feira (18), mas já adiantou que o índice de recomposição será de apenas 8%. Sendo que esses 8% não atende o piso reivindicado pelos profissionais da educação.
Em relação aos outros pontos, os grupos de trabalho passaram quase que todo ano de 2012 sem acontecer. Segundo a SEDUC-MT, no máximo em duas semanas estarão dando os encaminhamentos dos grupos que vão dar tratar sobre o adicional noturno dos vigias e atualização na tabela dos profissionais de apoio.
O Sintep apresentou a preocupação com as condições de trabalho dos profissionais da educação em que diz respeito às condições da estrutura física das escolas e a SEDUC-MT deu como resposta que não há tempo suficiente para reverter o processo de imediato já que o ano letivo está começando.
Outro ponto que o Sintep/MT exigiu do Governo é essa questão de ter professores efetivos na rede pública de ensino, há a necessidade de chamar todos os professores aprovados e classificados no concurso. Neste ponto o secretário Ságuas Moraes disse que já havia encaminhado em torno de 700 nomes no ano passado para serem nomeados e explicou que esse processo emperrou devido à troca do secretário de administração.
"Mudou o secretário, mas não mudou o governo, então se houvesse mais vontade política provavelmente já teríamos muitos profissionais da educação que ao invés de iniciar ano como contratado temporário já iniciariam como efetivos", disse Henrique Lopes do Nascimento, presidente do Sintep/MT.
"Nós vamos fazer o debate em relação a essas questões no Conselho de Representantes e vamos fazer nossos encaminhamentos enquanto categoria para nossa luta ao longo de 2013", concluiu o presidente do Sintep/MT.

Fonte: Pau e Prosa Comunicação

+ Noticias
SINTEP/MT - Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso
Rua Mestre João Guimarães, 102 - Bairro Bandeirantes - Cuiabá-MT
Fone: (65) 3317 4300 - 0800 654343 - Fax: 3317 4327